Os Papagaios



Eles sempre estiveram na mata e seus sons são maravilhosos e belos. Nunca eu havia ouvido os verdadeiros sons dos papagaios até meus 54 anos de idade. Nunca em havia visto os papagaios juntos voando livres até meus 54 anos de idade. Vi, quando criança, a pálida vida de um papagaio criado em casa. Sua gaiola ficava em cima da pia da cozinha. Meu pai de tempos em tempos cortava as asas do papagaio para ele não voar. Não sei dizer o quanto eu detestava ver esta cena. Tenho gravadas as asas do papagaio na memória. Raramente vejo os papagaios livres voando, eles se escondem na mata, mas posso ouvir seus sons originais e verdadeiros e isso para mim já é uma benção. Rezo para que parem de derrubar as árvores e destruir as matas. Quando as matas não existirem mais, os papagaios livres também deixaram de existir e eu com eles morrerei. A morte não deve ser temida quando se tem amor. A morte é a ganância do homem pelo materialismo. O homem se esquece de que ele e a natureza, ele a as árvores, ele e os papagaios são iguais. O homem se sente superior e por isso mata. Só quem sente superioridade mata. Quem vê no outro a igualdade pelo direito à vida não mata sequer uma formiga. Ouço muitas pessoas dizerem que não sabem qual é o propósito de suas Vidas e não tem sentido para viverem. Isso para mim parece absurdo já que Deus nos disse inúmeras vezes qual é a Sua Vontade. Quem tem o Portal do Amor deveria em primeiro lugar saber qual é a Vontade de Deus e em segundo lugar deveria cumprir a Vontade de Deus. Mas... as pessoas não prestam atenção no que receberam. Tem uma jóia com elas e não sabem disso. Não sabem entrar no Portal do Amor. Buscam o Amor fora e não a comunhão com Deus, com a Vida de todos os seres. Amar é ser pacífico com a Vida. Amar é respeitar a Vida. Amar é contemplar a Vida sem interferir no fluxo da Vida. Respeitar o fluxo das águas. Respeitar os milhares de anos de uma árvore. Isso é Amar Verdadeiramente. As Ações Compassivas abrem o Portal do Amor, junto com o Mantra, a Imagem, as Cores, a Música, Nefertiti, Polì e sobretudo Deus. Mas... poucos apreciam o Portal do Amor. Estão ocupados em querer saber o que tem do outro lado? O que tem do outro lado é justamente o que você consegue ver aqui deste lado. O que você consegue ver aqui. É o que você conseguirá ver do outro lado. Se você não consegue ver a beleza de uma rosa aqui, não conseguirá ver a beleza de outras rosas do outro lado. As pessoas não prestam atenção no Portal do Amor porque estão muito absorvidas pela superficialidade. As pessoas creem que para se aprofundarem precisam ter coisas, ler livros sem fim, realizar atitudes que salvem a humanidade, precisam ter muito, mas muito dinheiro mesmo e claro também precisam ter poderes que outras pessoas não tem. As pessoas esquecem de observar a natureza livre sem tirar nada do lugar, apenas contemplar a beleza da natureza, as pessoas se esquecem de ver os pássaros livres. A falta de contemplação da natureza gera o desrespeito pela natureza. O desrespeito pela natureza gera angústia, dor, depressão, ansiedade e tristeza. Sem vida ou alegria a vida não tem mais sentido. Quando a vida não tem mais sentido, perdemos a conexão com a natureza e vivemos como robôs distraídos pelos pares sapatos sem fim, pelas roupas novas, pelos seriados de TV, pelos pacotes de bolachas, pelos sons artificiais da natureza aprisionada. Deixamos de apreciar a beleza de estarmos vivos pelo simples fato de existirmos junto com uma rede de beleza que se manifesta em nós, nas flores, nas plantas, nas árvores, nos animais, nas crianças, nas árvores e florestas e até em uma pedra. Deixamos de apreciar a beleza natural da vida quando destruímos a vida. Nunca vou compreender com que facilidade e “naturalidade” o homem aprisiona um pássaro na gaiola, um gorila na jaula e ainda assim esse mesmo homem busca Deus. Os pássaros são para a natureza e vice-versa. Assim como todos os animais, inclusive o homem. O homem é para a natureza. Na Índia ter um pássaro na gaiola é considerado crime. Às vezes observo o quanto as pessoas não conhecem Deus, não conhecem a Vida, não conhecem a Liberdade. Assim como eu não conhecia o verdadeiro som dos papagaios livres, assim o homem não conhece Deus. O homem se julga superior as outras vidas e por isso as mata e aprisiona. O homem é cheio de egoísmo e pensa somente em si mesmo. O homem só pensa em dinheiro e quanto mais coloca o dinheiro na frente da ética, mais destrói a si mesmo e a Vida. O homem é incapaz de pensar na vida e no bem-estar do outro. Por pensar somente em si mesmo o homem é incapaz de deixar a vida de outro ser em paz. O homem é incapaz de pensar que um pássaro é tão digno de viver livre de uma gaiola como ele próprio, o homem, é digno de ser livre. Poucas pessoas tem PAZ dentro de si. Dá para contar nos dedos. Essas pessoas que tem Paz dentro de si são chamadas de Iluminadas. Todos nós deveríamos Ser Iluminados. Buscar a PAZ é buscar a Iluminação. As pessoas ajoelham-se diante de um outro ser que se iluminou porque consideram este ser uma raridade, um ser especial, um ser divino, afinal ele iluminou-se, e se esquecem de que a diferença entre este ser Iluminado e elas próprias é apenas a ação de ser pacífico e fazer o bem. Nada além disso difere um Ser Iluminado de um ser comum. Um Ser Iluminado não está preocupado em ter seguidores, em ser famoso, em ter dinheiro, um Ser Iluminado está ocupado em contemplar a vida e deixá-la fluir. Um Ser Iluminado iluminou-se porque voltou a Origem de si Mesmo. Voltou a Amar a Natureza, a Amar a Vida, o Amar o Sol, a Amar as Estrelas, a Amar a Água, a Amar os animais. Podemos substituir o verbo Amar por Respeitar e Cuidar. Um Ser Iluminado encontrou Deus na Vida e por ter encontrado Deus na Vida, um Ser Iluminado é repleto de Vida. É tão raro alguém respeitar a Vida... toda a vida que quem o faz, se não tiver uma mente forte e brilhante, pode sentir-se inadequado e inferior aos outros. Não existe ser mais forte do que aquele que não mata. Não existe ser mais forte do aquele que liberta. Ser forte e brilhante deveria ser a meta do ser humano. Não me refiro ao brilho de ser famoso, conhecido, milionário... Refiro-me ao brilho que há dentro do ser quando ele tem força para se dedicar a uma causa. Há muitas coisas que se pode fazer quando se tem tempo. Há asilos, orfanatos, hospitais, abrigos que precisam de voluntários. Há muito o que fazer, mas poucos se dispõem a fazer. Segundas-feiras são os dias que mais inadimplências no trabalho há. Enquanto a humanidade não acordar para afastar de si a fraqueza, a preguiça, a desonestidade, o egoísmo, a doença, os vícios na bebida, drogas; sexo sem amor, afeto e responsabilidades mútuas entre os parceiros; muito pouco um Portal do qual flui a emanação do Amor poderá fazer. Enquanto a humanidade tiver o vício de reclamar, pensar negativamente, não agir com atenção, compaixão e benevolência, muito pouco Deus será conhecido. Poucos são os que buscam Deus e a Vida. Poucos são os que fazem uso correto do Portal do Amor. Poucos são os papagaios livres. Que possamos vislumbrar em nossas Mentes e Corações uma Terra mais Humana assim como seres humanos mais felizes e integrados à natureza vivendo em harmonia com ela... jamais destruindo a natureza. Polì 18/11/19


#policardoso #nefertiti #aschavesdenefertiti #mensagens #papagaios #amor #planetaterra

322 visualizações

As Chaves de Nefertiti

Portais Sagrados Multidimensionais

Ser Canal de Nefertiti é minha missão de alma, a qual cumpro com determinação e integridade. Conviver com Nefertiti é um presente, uma alegria. Forte, determinada e ao mesmo tempo doce e amorosa. Que nas Chaves que ela traz você encontre, como eu, apoio sincero e amigo para momentos de dificuldades. Que você encontre Força para seguir seu caminho de forma plena.
Sou Polì, Canal de Nefertiti

  • Instagram Social Icon
  • Wix Facebook page
  • Twitter App Icon

Parceiros do Bem:

logo.png
Miguel Fonseca

© Copyright 2019 - As chaves de Nefertiti ® Todos direitos reservados